terça-feira, 8 de junho de 2010

Os microorganismos e a saúde humana



Quando pensamos na relação entre os microorganismos e a saúde humana, a primeira idéia que nos surge é uma só: doenças. Sem dúvida este é um aspecto importante, mas a nossa relação com os microorganismos é muito mais do que isso. Em nossa pele, ouvidos, cavidade oral e vias aéreas superiores, órgãos genitais e principalmente no aparelho digestivo, mais significativamente nos intestinos pululam microorganismos, especialmente bactérias, sendo as mais comuns dos gêneros Staphylococcus e Streptococcus. Esta relação é tão íntima e importante que alguns pesquisadores chegam a afirmar que não somos inteiramente humanos. Parece exagero, porém há muito se sabe que 50% a 70 % do peso seco das fezes humanas é composto de microorganismos. Mas, os números são mais surpreendentes ainda. Há estimativas de que algo em torno de 90% das células que formam nosso intestino são compostas por bactérias - são aproximadamente 100 trilhões de microorganismos, com mais de mil espécies. Estima-se também que somente na boca haja pelo menos 800 espécies.


Mas, qual a importância delas para nós? Nossos intestinos são somente um reservatório de bactérias e outros microorganismos? A resposta é também surpreendente, pois estes minúsculos seres, que formam a chamada flora intestinal, realmente tiram proveito do local em que se encontram, obtendo proteção e nutrientes, mas nós também dependemos deles para as mais variadas funções. Muitas bactérias que ali residem sintetizam vitaminas como a K e algumas do complexo B, ajudam a degradar substâncias do nosso próprio metabolismo e outras como fibras e açúcares que não somos capazes de metabolizar. Além disso, a competição com outros microorganismos danosos ao nosso organismo que eventualmente venham a invadi-lo garante que estes não se proliferem. Muitas doenças estão relacionadas a este desequilíbrio entre a presença ou ausência dos microorganismos que residem em nós. Há ainda muito a ser investigado sobre a nossa relação com os microorganismos.

A dança dos protozoários

video


Um comentário:

  1. Realmente Abel os microorganismos em contato com o homem, este pode ocorrer de forma positiva e indispensável à vida (bactérias nitrificantes) ou bastante negativa, neste caso, os efeitos prejudiciais à saúde, e, até mesmo à vida do homem, se dá pelo contato com microorganismos patogênicos (causadores de doenças).Eles podem ser encontrados no ar, no solo, e, inclusive, no homem.

    Parabéns pela iniciativa

    ResponderExcluir